Clayme Orlando
Notícias

Quais São os Critérios de Qualidade do Google?

 

Descubra quais são os critérios e recomendações do Google para a criação de conteúdo do seu site e promova uma melhor experiência de navegação para seus usuários!

 

Experiência do Usuário

 

O Google valoriza a experiência de navegação dos usuários acima de qualquer outra coisa, por esse motivo você deve conhecer os critérios utilizados pelo Google para determinar quais as práticas que definem os melhores sites. Esses sites são naturalmente beneficiados com as maiores posições no Google, e é lá que o seu site deve chegar.

 

Uma recomendação interessante é que se os webmasters e programadores gastarem seu tempo aprendendo e seguindo as recomendações do Google terão um ranking muito maior em seus sites do que se gastassem esse tempo aprendendo a burlar o algoritmo do Google. Esse algoritmo é atualizado constantemente com base na atividade dos spammers e de outros mal-intencionados.

 

Uma vez que você siga essas recomendações seu site nunca será penalizado pelo Google e você conseguirá rankings cada vez maiores.

 

Recomendações do Google

 

Vamos conhecer essas recomendações e comentar um pouco sobre elas.

 

FOQUE NOS USUÁRIOS

 

Faça páginas primeiro para os usuários, e não para os mecanismos de busca. Não engane seus usuários ou mostre conteúdo diferente para os mecanismos de busca e para os seus usuários. O nome disso é cloaking.

 

Se você fizer isso seu site será duramente penalizado pelo Google, você entrará para a lista negra (blacklist) e será complicado e demorado recuperar a sua posição.

 

Esse tipo de atividade definitivamente não vale a pena ser feita, além de ser uma afronta às boas práticas da internet, pois seus usuários estarão procurando por alguma coisa e você mostrará para eles outras coisas!

 

JOGUE LIMPO

 

Evite truques e trapaças para melhorar seus rankings no Google.
O próprio Google recomenda que você se pergunte: “se não existissem mecanismos de busca, você usaria essas técnicas?”. Se a resposta for negativa nem pense em seguir com as suas estratégias.

 

Utilize seus recursos para gerar valor para os usuários e não para tentar conseguir ranking sem merecimento.

 

FIQUE LONGE DE MAUS SITES

 

Não participe de esquemas de links para aumentar o ranking do seu site ou o PageRank. Particularmente, evite links para spammers ou sites mal intencionados, pois o seu próprio ranking será afetado negativamente por causa desses links.

 

Tenha bons parceiros e só faça links com bons sites, dessa forma todos vocês serão beneficiados e terão maiores rankings.
Se você conhece um site mas não consegue encontrá-lo procurando as suas principais palavras-chave no Google muito provavelmente esse site já está penalizado.

 

Não faça links com ele, ou seu próprio site sofrerá penalizações.

 

NÃO USE SOFTWARES DE SEO

 

Não utilize programas ou softwares para submeter páginas ou checar rankings. Esse programas consomem os recursos do seu computador e também violam os Termos de Serviços do Google.

 

A maioria desses softwares são pagos e eles irão tentar convencer você de todas as formas de que essa é a maneira mais rápida de conseguir altos rankings no Google.

 

O Google monitora a quantidade e a frequência de links que você cria, e se você estiver fazendo mais do que 10 links por semana – para um site emergente – poderá sofrer uma penalização. Esse valor não é absoluto e depende muito do volume de acessos do seu site.

 

O critério usado é quantos links os visitantes do seu site são capazes de fazer em uma semana. Se você estiver criando uma quantidade desproporcional de links por dia ou por semana, correrá o risco de perder seus rankings!

 

DENUNCIE UM SITE MAL INTENCIONADO

 

O Google também oferece a oportunidade de você denunciar um site que você acha que esteja infringindo as melhores práticas adotadas pelo buscador. Você poderá enviar a URL do site para este link.

 

O site não será bloqueado de um dia para o outro – por meio dessas denúncias e reclamações o Google irá aprimorar o seu algoritmo para penalizar esse tipo de site no futuro.

 

CONCLUSÃO

 

Não é difícil seguir as melhores práticas que o Google recomenda como critérios de qualidade para determinar o ranking dos sites listados no buscador.

 

Uma vez que você compreende a razão principal desses critérios – melhorar a experiência do usuário – você poderá perceber que estar próximo do usuário e conhecer as suas necessidades irá naturalmente aumentar os seus rankings.

 

Você pode saber mais sobre as recomendações para ter um site de qualidade no site do Google. 

O Google lançou um plano para reduzir drasticamente o suporte do seu navegador de internet, o Chrome, a sites que ainda usam o Adobe Flash Player, tecnologia usada principalmente em animações e recursos multimídia. O Flash há tempos é considerado, pelo mercado, tecnicamente defasado e vulnerável a ciberataques.

 

A proposta, chamada “HTML 5 por Padrão“, pretende priorizar o uso do HTML 5 no lugar do Flash, incentivando desenvolvedores de sites a preferirem esse tipo de programação.

 

Veja os cinco pontos defendidos pelo documento do Google:

 

* Se um site oferece uma experiência de uso em HTML5, esta será adotada como experiência padrão no Chrome;

 

* Quando um usuário encontrar um site que precisa de Flash Player, um alerta irá aparecer no topo da página, dando ao usuário a opção de permití-la no site;

 

* Se o usuário aceitar o alerta, o Chrome irá anunciar a presença do Flash Player e atualizar a página;

 

* O Chrome vai salvar a configuração do usuário para esse domínio nas visitas seguintes;

 

* Para evitar o excesso de alertas aos usuários, inicialmente lançaremos uma “lista branca” dos 10 principais sites (com base na métrica de uso agregado). Esta lista vai expirar após um ano.

 

Muitos sites já usam apenas HTML 5, então na prática a medida afetará poucos sites, a maioria deles muito antigos e que não são reformulados há anos. A tal lista branca, segundo métricas internas do Google, incluirá sites como YouTube, Facebook, Yahoo e Amazon.com, e será periodicamente revista a cada ano, para remover sites cujo uso não justifica uma exceção.

 

O plano do Google contra o Flash deverá ser implementado a partir do quatro trimestre deste ano. É mais um capítulo na lenta morte desta tecnologia: em 2011, a Adobe desistiu de adaptar o Flash para seus dispositivos móveis. No ano seguinte,foi a vez do Android. Em 2015 o próprio Google há havia dado outro grande passo ao anunciar que o Chrome não iria mais reproduzir anúncios em Flash.

 

A própria Adobe já encerrou o uso do editor Flash Professional e anunciou o substituto do Flash, o Animate, recomendando aos desenvolvedores que priorize o uso deste último.

 

Precisa alterar seu site para HTML5 – entre em contato comigo, valores a partir de R$ 1.200,00

Você sabe quais são os Critérios de pesquisa do Google?

 

Logo abaixo você vai descobrir quais são as recomendações do Google para que o conteúdo do seu site seja mais relevante para seus usuários!

 

Se você acabou de inaugurar seu site na web, saiba que agora você tem um longo caminho a percorrer para alcançar o topo das pesquisas do Google, o trabalho é intenso e demorado, e se alguma empresa lhe oferecer “aparecer na 1ª página do google”, desconfie! Saiba que isso deverá respeitar alguns critérios de experiência ao usuário.

 

Promova uma boa experiência ao Usuário, siga as recomendações do Google, Jogue limpo pois o Google atualiza constantemente seus algorítimos, portanto ele sabe ou saberá quando suas práticas são ilegais e no final das contas o tiro sairá pela culatra, pois seu site será duramente penalizado pelo Google, irá entrar em listas negras (blacklist) e será complicado e demorado recuperar a sua posição.
Nada melhor do que seguir os critérios do próprio Google.

 

 

  • Tempo de registro do domínio (Idade do domínio www.)
  • Idade do conteúdo
  • URL do conteúdo (por exemplo, se fizer uma busca por “armarinhos Fernando”, a 1ª url exibida será armarinhosfernando.com.br , porém também pode aparecer o sr Fernando que faz armários.
  • Conteúdo Relevante à pesquisa do usuário (os termos que os buscadores associam como sendo relacionados ao tema principal da página)
  • Freqüência do conteúdo: regularidade com a qual novo conteúdo é adicionado ou atualizado
  • Tamanho do texto: número de palavras acima de 200-250 (não afetava o Google em 2005, muitos sites criavam páginas apenas com a palavra chave e com textos sem conexões para ludibriar o google)
  • Idade do link e reputação do site que o aponta
  • Originalidade do conteúdo (se a noticia, texto for a matriz) o Google consegue identificar se um texto fou clonado e editado.
  • Uso adequado do arquivo robots.txt e site maps
  • Citações e fontes de pesquisa (indica que o conteúdo é de qualidade para pesquisa)
  • Qualidade da codificação HTML, presença de erros no código
  • Características padrão da página
  • Pontuação negativa sobre as características da página (por exemplo, redução para sítes web com utilização extensiva de meta-tags de palavra chave, indicativos de terem sido artificialmente otimizadas)
  • Quantidade de links externos
  • Relevância do site que linkar para o seu website
  • Pontuação em redes sociais

 

 

 

Outros menos relevantes

 

 

  • Google Pagerank (usado apenas no algoritmo do Google)
  • O texto âncora contido nos links externos
  • Pontuação negativa para links de chegada (provavelmente advindos de páginas de baixo valor, links de chegada recíprocos, etc.)
  • Ritmo de aquisição dos links de chegada: muitos ou incremento muito rápido pode indicar atividade de comercial de compra de links
  • Texto próximos aos links que apontam para fora e os links de chegada. Um link acompanhado das palavras “links patrocinados” pode ser ignorado
  • Uso da tag “rel=nofollow” para esculpir o ranking interno do website
  • Profundidade do documento no site
  • Métricas coletadas de outras fontes, tais como monitoramento da frequência com a qual usuários retornam clicando em voltar quando as SERPs as enviam para uma página em particular (Bouncerate)
  • Métricas coletadas de fontes como Google Toolbar, Google AdWords/Adsense, etc.
  • Métricas coletadas de compartilhamento de dados com terceiros (como provedores de dados estatísticos de programas utilizados para monitorar tráfego de sítios (sites)
  • Ritmo de remoção dos links que apontam para o site
  • Uso de sub-domínios, uso de palavras-chave em sub-domínios e volume de conteúdo nos sub-domínios, com pontuação negativa para esta atividade
  • Conexões semânticas dos documentos servidos
  • IP do serviço de hospedagem e o número/qualidade dos demais sites hospedados lá
  • Uso de redirecionamentos 301 ao invés de redirecionamentos 302 (temporário)
  • Mostrar um cabeçalho de erro 404 em vez de 200 para páginas que não existem
  • Frequência de tempo em que servidor se encontra ativo (Confiabilidade)
  • Se o site mostra conteúdo diferente a diferente tipos de usuários ou crawlers (cloaking)
  • Links “quebrados”
  • Conteúdo inseguro ou ilegal
  • Taxa real de cliques observados pelo mecanismo de busca para as listas exibidas na SERPs
  • Classificação de importância feita por humanos nas páginas com acessos mais frequentes – ODP

Atualização de Site

Avulso até 1 hora – R$ 75,00


 

O serviço de Manutenção e Atualização de Site Avulso em até 1 hora, foi desenvolvido para atender a clientes/empresas que necessitam de alternações bem básicas em seu site com um custo bem baixo.

Esta serviço permite que você deixe seu site sempre atualizado e com as funcionalidades anteriores de seu site. Sendo que basta solicitar o serviço, efetuar o pagamento e disponibilizar dados de acesso para ver as alterações.

 


 

A Quem se Destina esse Serviço

  • Sites em HTML
  • Hotsites
  • Blogs

Exemplos de alterações básicas

  • Alteração de Informação (ex. Telefone, horário de funcionamento)
  • Inserção / alteração de foto (s)
  • Inserção de Página com nova informação
  • Mudança de cor

 

Todos os serviços são medidos em horas de trabalho.
Para cada serviço solicitado, eu informarei o tempo que será gasto àquela determinada solicitação. Uma vez autorizado, os serviços são executados em prazo hábil.

 


solicite aqui uma análise sem compromisso

 Como configurar seu e-mail no Windows Live Mail

 

  • Abra o Windows Live Mail
  • Clique no botão Windows Live Mail (ao lado do botão “Início”)

 

windows-live-mail-01

 

  • Selecione Opções e depois clique em Contas de email…
  • Na janela que surge clique no botão Adicionar, à direita

 

windows-live-mail-02

 

  • Na tela Selecionar Tipo de Conta, escolha a opção Conta de Email e clique no botão Próximo

 

windows-live-mail-03

 

  • Depois, preencha os campos com as seguintes informações::
    • Endereço de email: [digite seu e-mail completo]
    • Senha: [digite sua senha do E-mail]
    • Nome para exibição nas mensagens enviadas: [digite seu nome]
  • Marque os campos Definir configurações do servidor manualmente e Lembrar esta senha para que o programa não solicite a senha a cada acesso. Depois, clique no botão Avançar

 

windows-live-mail-04

 

  • Na tela Defina as configurações do servidor, altere as seguintes opções abaixo de Informações de servidor de entrada:
    • Tipo do servidor: POP
    • Endereço do servidor: mail.seudominio.com.br
    • Porta: 110
    • Autenticar usando: Texto não criptografado
    • Nome de usuário de logon: [digite seu e-mail completo]

 

  • Ao lado, em Informações de servidor de saída, preencha logo abaixo:
    • Endereço do servidor: mail.seudominio.com.br
    • Porta: 587

 

  • Depois de alterar as opções clique em Avançar

 

windows-live-mail-05

 

  • A tela de Contas será exibida novamente, clique em Fechar

 

  • Selecione a aba Contas e depois clique em Propriedades

 

windows-live-mail-06

 

  • Selecione a aba Servidores e depois clique em Meu servidor requer autenticação

 

windows-live-mail-07

 

  • Clique em Aplicar

 

  • Pronto! O Windows Live Mail está configurado para receber e enviar mensagens

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

manutencao

Serviço de atualização e manutenção de sites

 

Oferecemos manutenção de sites com preços a partir de R$ 75,00 pois acreditamos que possuir um site ou blog tem as suas responsabilidades. Você não pode apenas carregá-lo e esquecê-lo. A manutenção regular do site é uma necessidade, se você quiser que seu site seja bem sucedido, a atualização do conteúdo deverá ser feita periodicamente visando tornar o site mais atrativo para seu público alvo.

 

 

quanto custa?

 

O serviço de manutenção consiste em manter atualizadas todas as informações contidas no Site, tais como: textos e imagens, além do suporte técnico, sempre respeitando a estrutura e a identidade visual do projeto.

 

Por estrutura compreende-se tudo aquilo que envolve programação, navegação e usabilidade e por identidade visual, o layout do site.

 

Os serviços são medidos por US – Unidade de Serviço, que equivale a 15 minutos.
Para cada serviço solicitado, eu informarei o número de US´s (Unidade de Serviço) equivalente àquela determinada solicitação. Uma vez autorizado, os serviços são executados e contabilizados do total de horas.

Preços da manutenção de sites:

 

Até 1 hora

R$ 75,00

atualização avulsa

20 horas

R$ 700,00

atualização avulsa

manutenção de sites

atualização de sites

atualizacaoAlém de prover o site com atualizações, entendemos que é muito importante para a manutenção do site a implementação de estratégias que evitem a visita de única página e baixem a taxa de rejeição.
Desenvolvemos e implementamos novas estratégias, ferramentas e conteúdos que visem tornar o site mais atrativo, interativo e com maior acessibilidade de navegação, que desperte a curiosidade do clique.

 

Manutenção de Sites – Código Fonte

 

Em nosso serviço de manutenção de sites tomamos cuidado especial com o código fonte do site, mantendo-o de acordo com as boas práticas, sem erros, leve e compatível com os diversos navegadores, independente de o site estar sendo acessado por um Mac, Palm, Celular ou outro equipamento.

Manutenção de Sites – Importância do Backup

 

Uma das tarefas muito importantes na manutenção de sites é o backup, muitas vezes como rotina diária, pois o backup garante a “vida” de seu site, mesmo que alguma “catástrofe” venha a acontecer, como perda de dados, queda de servidor, entre outros.

o que é preciso?

 

dados cadastrais como: CPF – Nome – CNPJ – Razão social – Responsável – Endereço – Telefone – e-mail

 

como é o processo de atualização?

 

Inicialmente você me informa que tipo de atualização deverá ser feita

 

Manutenção de site avulsa;
Plano de manutenção de site mensal.
Atualização diária de conteúdo;
Atualização semanal de conteúdo;
Atualização quinzenal de conteúdo;
Atualização mensal de conteúdo.

Se você já possui um site, deverá disponibilizar os dados de acesso do servidor (FTP) para que eu faça um análise mais detalhada.

 

Existem casos que um site já previamente desenvolvidos, tem tantas falhas que as vezes dificulta um pouco sua atualização, e nesse caso o melhor seria a reconstrução do mesmo.